A Lei do Funil

Larga para alguns (poucos), estreita para todos os outros!

Aqui se fala, umas vezes a sério outras a brincar, de coisas que nos irritam, alegram, entristecem ou, muito simplesmente, nos enfadam.

2007-10-05

Uns mãos largas


    Para meditar...


«(...) os bancos andam a oferecer taxas de juro nos depósitos a prazo de 8%, 10% ou até - uns doidos! - 12%. Bem espremidas, estas taxas de juro são temporárias e traduzem-se em taxas anuais inferiores às dos certificados de aforro. Ou ainda, inferiores às taxas das contas à ordem alemãs. Ah, os bancos portugueses, uns mãos largas...»



0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!