A Lei do Funil

Larga para alguns (poucos), estreita para todos os outros!

Aqui se fala, umas vezes a sério outras a brincar, de coisas que nos irritam, alegram, entristecem ou, muito simplesmente, nos enfadam.

2008-07-20

Ainda o racismo


«(...) A maçada é que as boas consciências são voláteis e a verdade descartável.

Embora muito mais violentos que os de 1996, os episódios recentes num bairro camarário de Loures, onde, após tiroteio, ciganos acabaram corridos das suas casas por vizinhos pretos, não têm, pelos vistos, vestígios de racismo.

Ao que li, parece que o recurso ao conceito não resolve nada (em Oleiros resolveu?).

Também parece que a polícia não é para ali chamada (em Oleiros exigiam-na com urgência). Perceba-se a distinção: se descendentes de rústicos minhotos maltratam o cigano à mão, a culpa é dos minhotos; se descendentes de cabo-verdianos espantam o cigano a tiro, a culpa é do planeamento urbano, dos guetos, da pobreza, da desigualdade, do capitalismo, da sociedade, minha e, não pense que escapa, sua.

Um caso pedia firmeza, o outro pede sociologia. Sociologia e delírios. (...)»

Alberto Gonçalves, sociólogo no DN



1 Comments:

Blogger contradicoes said...

Muito interessante esta reflexão a qual acrescentava, os colonialistas portugueses em África eram racistas e maltratavam os negros, mas estes não são e a comprová-lo está a quantidade de brancos que lá ficaram depois dos países terem ascendido à independência, isto pela sua convicção de que efectivamente os negros não são racistas.

sexta jul 25, 05:15:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!