A Lei do Funil

Larga para alguns (poucos), estreita para todos os outros!

Aqui se fala, umas vezes a sério outras a brincar, de coisas que nos irritam, alegram, entristecem ou, muito simplesmente, nos enfadam.

2009-02-24

A importância da pontualidade

Um velho padre foi a um jantar de homenagem pelos seus 40 anos de trabalho ininterrupto à frente da Paróquia.

Um importante político da região e membro da comunidade, convidado para entregar o presente e proferir um pequeno discurso, atrasou-se.

Enquanto o político não chegava o sacerdote decidiu proferir umas palavras e contou:

confessionario (34K) «Eu não conhecia a paróquia e quando aqui cheguei, há 40 anos, a primeira impressão que tive resultou da primeira confissão que aqui ouvi. A primeira pessoa que se confessou disse-me que tinha roubado dinheiro aos seus pais, furtado um aparelho de TV, desviado dinheiro da firma onde trabalhava e, pior, que tivera uma aventura amorosa com a esposa do patrão. Para cúmulo, dedicara-se ainda ao tráfico de drogas e até tinha transmitido uma doença à própria irmã.

Fiquei assustadíssimo... pensei que o Sr. Bispo me tinha enviado para um lugar terrível. Mas, com o passar do tempo, fui confessando mais gente que em nada se parecia com aquele homem...
sacerdote (23K)Acabei por verificar que estava numa Paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com a sua fé.

Vivi aqui os 40 anos mais maravilhosos do meu Sacerdócio.»

Neste momento, chegou o político.

O padre passou-lhe então a palavra. O político, depois de pedir desculpas pelo atraso, disse:politico01 (15K)

«Nunca esquecerei o dia em que o sr. padre chegou à nossa Paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a confessar-me!»

Moral da história:

NUNCA SE DEVE CHEGAR ATRASADO




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!