A Lei do Funil

Larga para alguns (poucos), estreita para todos os outros!

Aqui se fala, umas vezes a sério outras a brincar, de coisas que nos irritam, alegram, entristecem ou, muito simplesmente, nos enfadam.

2012-04-15

Chefe de gabinete da Ministra da Justiça apanhado a ensaiar Passos inteligentes...

No Ministério da Justiça a labuta é grande.


Estuda-se a melhor forma de requentar a lei do enriquecimento ilícito (recentemente chumbada) e, fazê-la passar no Tribunal Constitucional. A ideia é distrair os juízes de tal forma que, desta vez, não se apercebam que a dita lei inverte o ónus da prova.

No pensamento esclarecido da Ministra da Justiça não tem importância nenhuma que se condenem alguns inocentes - desde que se apanhe algum culpado -.

Os tempos não estão para luxos e investigar sai caro

por isso,

como nos tempos da "Santa" Inquisição,

o Ministério Público em vez de reunir elementos de prova que demonstrem a existência de um crime, deve exigir do acusado que prove estar inocente...

Ganda Ministra!



0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!